Estaing – A Princesa do Lot

Estaing, a princesa do Lot, a guardiã do lindo rio foi uma grata surpresa. Maravilhoso vilarejo medieval do Departamento de Aveyron com cerca de 800 moradores permanentes. Meu encantamento fez meu coração acelerar desde o primeiro momento que a vi. Você já pode ver sua silhueta no final do vale quando se aproxima da estrada, com seu castelo medieval que se eleva sobre os telhados pretos de ardósia das casas em um pequeno aclive e com a ponte gótica que dá acesso e permite atravessar o rio Lot.

Estacionamos o ônibus em uma ruela a beira do rio e começamos a visitar suas principais atrações e, como não poderia deixar de ser o nosso objetivo maior era o imponente castelo da linda cidadezinha medieval.

Começamos a atravessar a aldeia através do “Quartier du Barry”, o bairro que estava fora dos antigos muros medievais e vislumbramos belos edifícios de séculos diferentes (que vão do XVI ao XVIII), como por exemplo a velha escola de St. Fleuret, a casa burguesa construída em 1774 que hoje abriga a Hospedaria de Saint Jacques ou a mansão de Cayron que atualmente abriga a prefeitura. A minha alegria era tanta que corria por suas ruelas com um enorme sorriso em meu rosto que os meus amigos se admiravam com tamanha felicidade. Felizes chegamos à Place François Annat, onde estão os principais pontos de interesse da cidade: o castelo e a igreja.

O castelo foi construído pela família Estaing (uma família nobre da região de Rouergue) no século XIII em torno de uma torre pentagonal existente. Esta tornou-se sua residência familiar e particular por quase oito séculos. Mais tarde, passou para as mãos da congregação religiosa St. Joseph d’Estaing (especificamente de 1836 a 2000) que impediu que caísse em ruínas. Foi classificado como um monumento histórico em 1945 e, desde 2012, pertence à Fundação Valéry Giscard d’Estaing (de propriedade do ex-presidente da República Francesa).

Posteriormente descemos em direção a sua magnífica ponte, onde a princesa Estaing guarnece a travessia do rio Lot, antigamente importante caminho de trocas comerciais.

A ponte gótica de Estaing, com seus 4 arcos pontiagudos que corta as margens do rio Lot é classificada como Patrimônio Mundial da UNESCO como parte do Caminho de Santiago de Compostela. Começou a ser construído em torno do ano 1490 e foi finalmente concluída sob a direção de François d’Estaing, e é por isso que em 1886 uma estátua dele foi instalada lá em frente à aldeia. Também na ponte podíamos ver a famosa Cruz de Ferro Forjado, símbolo da região do Aveyron e que inspirou o ourives Henri Lesieur a projetar um pendente hoje famoso.

No final da ponte, podemos ver um antigo Oratório do ano de 1524, consagrado a Nossa Senhora das Sete Dores.

Nossa visita, em abril de 2015, em plena primavera de Aveyron, foi de uma sensação indescritível. Estaing nos forneceu e nos remeteu a vários sorrisos.

Conversando com um morador, ele me disse que é muito bonito e instigante visitar Estaing, no segundo final de semana de setembro, pois você encontrará suas festas medievais e você poderá ver as pessoas vestidas com a indumentária do período, com caracterizações perfeitas, um mercado que vende produtos artesanais, torneios de cavaleiros, trovadores e um ótimo banquete sábado à noite.

Espero um dia revê-la princesa e que seja de preferência na segunda quinzena do mês de setembro. Até lá milady.

Paulo Edmundo Vieira Marques

Professor, Historiador e Escritor Medievalista

Post Footer automatically generated by wp-posturl plugin for wordpress.

Tiny URL for this post:
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *