Catedral de Lincoln – Fé nas Alturas

Considerada a segunda maior igreja da Inglaterra, no estilo gótico, a Catedral de Lincoln é realmente imponente por sua grandiosidade e beleza. Sua majestosa e deslumbrante construção realmente nos impressiona. Também chamada de Catedral de Santa Maria, possui enormes vitrais, esculturas, 20 grandes sinos. Existem treze sinos na torre sudoeste, dois na torre noroeste e cinco na torre central e, atualmente, é a sede da igreja anglicana.  Em extensão, é a terceira maior abadia da Inglaterra, possuindo 148×83 metros. É considerada uma das igrejas mais altas do planeta, com 160 metros de altura. Entretanto, a altura exata tem sido tema de debates.

Por quase 300 anos, a Catedral de Lincoln foi o monumento mais alto do mundo, e suas incríveis dimensões ainda dominam a histórica cidade. É amplamente considerada uma das mais belas construções góticas do mundo e está repleta de esculturas surpreendentes.

Remigius de Fècamp, primeiro bispo de Lincoln, ordenou a construção da catedral em 1072. Antes disso, a Igreja de Santa Maria em Lincoln era uma igreja-mãe, mas não uma catedral, e a sede da diocese era a Abadia de Dorchester em Dorchester-on-Thames, Oxfordshire. A primeira Catedral de Lincoln, construída no lugar onde se encontra atualmente, foi finalizada em 1092. Em 1141, a cobertura de madeira foi destruída em um incêndio. O bispo Alexandre reconstruiu e expandiu a catedral, mas ela foi novamente destruída por um terremoto cerca de quarenta anos mais tarde, em 1185.

Após o terremoto, um novo bispo foi nomeado. O bispo era Hugo de Avalon (assim chamado por ter nascido em Avalon, na França); ele iniciou um programa de reconstrução e expansão maciça.

A catedral é a terceira mais extensa da Grã-Bretanha (compreendendo a planta baixa), depois da Catedral de São Paulo e da Catedral de York, com medidas surpreendentes acima descritas. O seu interior é de um esmero encantador e de uma preservação maravilhosa. Ela é o maior edifício de Lincolnshire e até 1549 sua torre era considerada a mais alta torre medieval da Europa.

Dentro de suas curiosidades destaca-se; a Catedral de Lincoln foi usada como locação para as filmagens do filme: o Código da Vinci, estrelado por Tom Hanks e também para do longa-metragem: A Jovem Rainha Vitória.

Espero, se Deus quiser, poder visitar esta maravilha do gótico. Sem dúvida uma dádiva do medievo. Esplêndido e encantador trabalho.

Paulo Edmundo Edmundo Vieira Marques – Professor, Historiador e Escritor Medievalista

Post Footer automatically generated by wp-posturl plugin for wordpress.

Tiny URL for this post:
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *